quinta-feira, 14 de maio de 2009

Talvez o fim... ( Parte II )

A menina já não tem aquele sabor especial em conquistar o menino, o menino tornou-se frio, distante, congelou o seu pequeno coração, fechou-o num cofre para que nunca ninguém o alcança-se, mas PORQUÊ?! Terá alguém ferido aquele ponto, talvez fraco, sensível, terá alguém desperdiçado a fantástica oportunidade de conhecer aquele espaço, aquele ser, terá alguém chegado lá? Não vale a pena tentar, aquele coração está muito bem guardado por inúmeros monstros, criaturas que não reconhecem o amor de uma menina perdidamente apaixonada, ficaram lá para que ninguém consiga despertar aquele inocente sentimento, aquele que a menina quer conhecer, aquele lado escondido que tanto quer descobrir.
A menina cansou-se, escondeu-se. A sua vontade, a sua esperança esgotara-se. Já não houvera espaço para ela no coração do menino. Tudo o que o menino ofereceu fora usado por alguém, a menina nunca desistira, seria um grande passo, uma dura fase.
Claro que ela nunca esqueceria tudo o que sonhou, aqueles momentos que tivera junto a ele. Uma parte do seu amor pelo menino iria continuar junto a ela, nunca conseguiria eliminar, no fundo, ele ficaria sempre no seu coração. O seu maior desejo fora esse, mas que nunca acontecera, tudo mudara em tão pouco tempo, tudo ficara distante, até mesmo o menino…

1 comentário:

  1. Tão qerida *.*
    Oh pah ensina-me a escrever assim *.*
    Bjinhos da Estrelinha

    ResponderEliminar